Roteiros/Relatos: Eurotrip - Suíça parte 2

Raperswil
Os últimos dias na Suíça foram passados em lugares onde meus anfitriões consideravam imperdíveis. Na sexta-feira, conheci nos arredores de Zurique, uma cidadezinha na beira do lago, coisa mais linda: Rapperswil. A orla do lago é linda, cheia de restaurantes. De lá é possível pegar um barco e fazer um passeio semelhante ao que eu fiz em Lucerna. Na cidadezinha também há uma muralha e castelo medievais, além de várias lojinhas, hotéis, etc.

Raperswil

Raperwil



Conheci também o Bachtel, que é uma montanha onde há uma torre, de onde se pode ver boa parte da região ao redor de Zurique. O vento lá em cima era absurdo!!! Por toda a Suíça você vê pessoas de todas as idades fazendo hiking. Montanhas como essa são locais certos para esse tipo de atividade. Eles certamente têm as maiores panturrilhas do mundo!!!

Bachtel Kulm
Berna
No dia seguinte, fomos de carro, em direção a Genebra, mas com algumas paradas no caminho. A primeira foi Berna, a capital da Suíça. O mais impressionante desse lugar é a cor da água que cruza a cidade. É um verde que parece de mentira! E por mais que se fotografe, não é possível capatar toda a sua beleza. Passeamos bem rapidinho, mas deu tempo de passar pela rua mais turística, onde há várias fontes e um relógio astronômico. Almoçamos no inesquecível Tibits, um restaurante vegetariano a quilo, que em Berna, fica na estação principal de trem. A comida e os sucos naturais são deliciosos, o ambiente é agradável. O preço não é muito em conta, mas vale a pena sair do orçamento um pouquinho pra ter uma refeição saudável e gostosa. Recomendo o cheesecake com "molho" de frutas vermelhas (não é uma calda... e o cheesecake é totalmente diferente do que a gente conhece).

Berna
Por falar em comida, eu preciso abrir um parênteses e comentar sobre os iogurtes da Europa. O que é aquilo??? Se aquilo é iogurte, o que temos aqui é qualquer coisa... Não tem como comparar! Os meus favoritos foram os de baunilha. A cremosidade, os pontinhos pretos da baunilha de verdade... Nossa! Dá água na boca só de lembrar!!!

Chateau de Chillon
Vista do Lago Leman do Chateau



De Berna, seguimos para o Chateau de Chillon e Lago Leman. Nessa parte do país, não se fala mais suíço-alemão, mas sim, francês. O castelo por fora já é deslumbrante!

Fica na beira do lago Leman, com um paredão atrás, de onde se vêem vários parapents. Paga-se 12,00 CHF para conhecer o castelo por dentro e eu digo que vale a pena. O lugar
rende fotos lindas!


Ville de Yvoire


Finalmente, no começo da noite, chegamos a Genebra. No dia seguinte, fizemos um passeio vapt-vupt pela cidade, pois queríamos visitar Ville de Yvoire, uma cidadezinha medieval, de 1306, que fica do lado francês do lago Leman (o mesmo que banha Genebra). A coisa mais lindinha!!! É impressionante ver que as pessoas realmente moram ali. Mais uma vez, parece um lugar de mentira. E esse foi o fim da minha viagem pela Suíça. Fui embora com muita vontade de voltar!

(Várias fotos dessa postagem foram removidas pelo Blogger. Um dia eu tomo tempo e recoloco).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Roteiros: Sul da França - parte 3: Calanques de Cassis (TUDO que você precisa saber para chegar no paraíso)

Cheesecake PERFEITO

Receitas: Torta Gabi Yuassa (negresco com chocolate e frutas vermelhas)