Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Roteiros/Relatos: Eurotrip - Suíça parte 2

Imagem
Os últimos dias na Suíça foram passados em lugares onde meus anfitriões consideravam imperdíveis. Na sexta-feira, conheci nos arredores de Zurique, uma cidadezinha na beira do lago, coisa mais linda: Rapperswil. A orla do lago é linda, cheia de restaurantes. De lá é possível pegar um barco e fazer um passeio semelhante ao que eu fiz em Lucerna. Na cidadezinha também há uma muralha e castelo medievais, além de várias lojinhas, hotéis, etc.





Conheci também o Bachtel, que é uma montanha onde há uma torre, de onde se pode ver boa parte da região ao redor de Zurique. O vento lá em cima era absurdo!!! Por toda a Suíça você vê pessoas de todas as idades fazendo hiking. Montanhas como essa são locais certos para esse tipo de atividade. Eles certamente têm as maiores panturrilhas do mundo!!!

No dia seguinte, fomos de carro, em direção a Genebra, mas com algumas paradas no caminho. A primeira foi Berna, a capital da Suíça. O mais impressionante desse lugar é a cor da água que cruza a cidade. É …

Roteiros/Relatos: Eurotrip - Suíça parte 1

Imagem
(Várias fotos dessa postagem foram removidas pelo Blogger. Um dia eu tomo tempo e recoloco).

Cheguei a Zurique na noite do dia 11 de outubro, de British Airways (quase achei que ia perder o vôo em Londres por pura bobeira minha). O aeroporto é super moderno e a primeira impressão do país foi ótima. Fiquei hospedada na casa de uma amiga que mora nos arredores de Zurique, que me deu um dos melhores presentes da viagem: um passe "multi-funcional" de 2 dias que me dava direito a usar todos tipos de transporte da Suíça, de qualquer cidade para qualquer cidade, por apenas 35,00 Francos cada (sim, o dinheiro na Suíça não é o Euro). Isso só pode ser comprado na prefeitura das cidades... Então, se tiver um amigo morando na Suíça, peça pra ele comprar um desses pra você.
No jantar, minha amiga serviu Raclette, prato típico da Suíça, a base de batata, queijo derretido, picles, etc. Delícioso!!!
No dia seguinte, acordei cedo e peguei um tram e depois um trem de Zurique em direção a Grin…

Roteiros/Relatos: Eurotrip - Londres

Imagem
Chegamos lá de trem, Eurostar, por 50,00 Euros, no dia 08 de outubro. Passagem comprada pela internet, com devida antecedência. A viagem dura 2 horas e é bem tranquilo. A estação de saída de Paris é a Gare du Nord e a de chegada, em Londres, é a St. Pancras. Lá já tivemos que trocar nosso dinheiro por Libras e aí você percebe que as coisas vão ficando mais caras... A passagem de metrô para o hostel foi 4,00 Libras (mais de 12 reais!!!). Em Paris, a passagem custa 1,70 Euros e se você comprar 10 tickets de uma vez, passa para 1,20 (tivemos alguns problemas com essas passagens múltiplas, então acho melhor não recomendar).
A chegada no hostel Piccadilly Backpackers foi tranquila, as indicações do site eram perfeitas e encontramos sem dificuldade. O problema foi quando entramos... Era um prédio de 7 andares, com um elevador que só cabia a gente, com as mochilas. Ficamos, obviamente, no sétimo andar. O lugar parece um colégio interno, com várias portinhas, uma do lado da outra, com banheiro…

Roteiros/Relatos: Eurotrip - Paris

Imagem
(Várias fotos dessa postagem foram removidas pelo Blogger. Um dia eu tomo tempo e recoloco).

Cheguei em Paris na segunda-feira, dia 03 de outubro de 2011. Mas para isso, tive que pegar um vôo da Lufthansa de São Paulo, com escala em Frankfurt, ou seja, minha primeira impressão da Europa começou a se formar nesse aeroporto alemão. Lugar moderno, enorme, onde fiquei cerca de uma hora.
Sobre o meu vôo... Bem, o avião era enorme, de dois andares, porém o espaço interno para uma pessoa de pernas com cerca de 1,10m de comprimento, simplesmente não era compatível. Além disso, as fileiras da classe econômica eram de 3, 5 e 3 lugares! Era gente, viu?! Não tinha TV individual. Eram algumas telas espalhadas pelo corredor e todos viam os mesmos filmes. Resumindo: bem ruim!!! Pelo menos a comida era boa e os comissários, simpáticos e atenciosos.


No aeroporto Charles de Gaulle fiquei cerca de 4 horas, esperando o meu "companheiro de aventuras", que chegaria em outro vôo. No Terminal 1 havia…